Papel do Laboratório Clínico na Promoção da Saúde

Como a era digital influencia a atuação de profissionais da saúde

- 07/09/2023

Especialista em saúde do Google Cloud, Priscila Cruzatti discute o papel da tecnologia na atuação médica e laboratorial, em um contexto em que o paciente está muito mais informado


Em raríssimos casos, médicos atendem pacientes que nunca fizeram uma pesquisa prévia no “Dr. Google” para saber quais doenças estão relacionadas aos sintomas que eles apresentam. Pela facilidade de acesso à informação, hoje em dia, a relação médico-paciente é construída de maneira muito diferente do que era 20 anos atrás. 

Nesse cenário que une fatores digitais, analógicos e biológicos, conforme explica a especialista em saúde do Google Cloud, Priscila Cruzatti, a era digital chega para aumentar a agilidade do laboratório. 


“Se estamos na era da informação e a medicina laboratorial é um grande produtor de dados, o laboratório tem um papel central”, explica. Trata-se de um processo de “customização de massa”, conforme explica a especialista. 

Na Medicina, a tecnologia surge trazendo a possibilidade de melhorar a experiência do paciente, já que um dos aspectos é o diagnóstico mais fácil e mais claro. E, por outro lado, ela também traz maior eficiência para laboratórios e clínicas ao conseguir automatizar algumas tarefas, liberando o profissional para ter mais tempo para a interação humana, para avaliar o caso clínico com mais criticidade, etc.
 

Segundo Priscila, o Google, então, como pioneiro em inteligência artificial, tem como meta organizar todas as informações do mundo, tornando-as acessíveis. A GenAI (Generative Artificial Intelligence), vai um pouco além da informação, pois ela lida com dados de criatividade como textos, imagens e vídeos, a depender dos dados fornecidos por quem faz a busca. 


Então, ao adentrar o contexto de GenAI, o Google criou a MedPaLM 2 que está alinhada com a área médica, construída sobre dados selecionados e avaliação clínica rigorosa, que inclui consenso médico e científico avaliado com médicos especialistas, dados demográficos e geográficos. Além de responder perguntas médicas com maior precisão, a MedPaLM 2 também pode resumir documentos e organizar uma biblioteca médica. 


Dentre as vantagens, estão: 

  • diminuir a carga horária do trabalhador da saúde e, consequentemente, níveis de estresse e cansaço;
  • aumentar o tempo de interação médico-paciente;
  • avançar (em números) e aprofundar o conhecimento na área de pesquisas clínicas.


Para ela, o importante é aproveitar esse momento que é a junção de vontade do paciente, com a vontade do profissional, unido à tecnologia para repensar a prática médica e o papel do laboratório.

Lista de Notícias Vazia