Tecnologia dos games abrem um mundo novo para a medicina diagnóstica

- 06/10/2022

Imagine os ambientes tridimensionais dos videogames. Nesse cenário virtual, pessoas interagindo, de fato, “dentro” da internet.  A primeira situação, a da imagem em 3D, é chamada de realidade virtual e a menção a interação real com a realidade virtual é como é definido conceito de metaverso. Agora, transporte essa cena para uma sala de cirurgia ou para um exame de alta complexidade


“Abre-se um mundo com infinitas possibilidades. E é nesse ambiente, onde a realidade virtual e o metaverso se misturam, que a medicina vai atuar cada vez mais”, diz o doutor Carlos Ballarati, médico patologista, que convive com essas novas tecnologias e é um entusiasta das infinitas possibilidades abertas. "Permite uma atuação mais inteligente e mais rápida dos profissionais e vai proporcionar treinamentos em várias áreas. Treinamento em cirurgias robóticas, em telemedicina, para citar algumas. Também acredito em novas possibilidades em saúde mental, como o estudo de psicotrópicos.  É um novo passo na era da internet", conclui. 


Essas informações foram debatidas na mesa "Realidade virtual e metaverso: o futuro aplicado à medicina laboratorial", durante o 54º Congresso Brasileiro de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial (SBPC/ML). 


A apresentação contou, também, com a participação do professor Murilo Cervato, graduado em Informática Biomédica e o Dr. Leonardo Vasconcellos, diretor de Ensino da Sociedade Brasileira de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial (SBPC/ML). 

Outras Notícias

Cerimônia de encerramento do 54º CBPCML é marcada por sorteio de prêmios e celebrações

Na ocasião foram sorteados 20 brindes após as premiações dos Temas Livres, Concurso de Fotografia e Lançamento do Site

“A Vida é um Jogo”, Tande, campeão olímpico de voleibol, comentou sobre sua carreira no 54º CBPCML

O esportista também trouxe temas relacionados à inovação para acompanhar um mercado cada vez mais competitivo

Varíola do Macaco: o que sabemos até agora?

Médicos apresentam protocolo para doença rara e letal, ainda subnotificada no Brasil

Conferência discute a importância do diagnóstico de doenças raras

Experiência brasileira no diagnóstico molecular de SARS-CoV-2 (covid-19): passado, presente e futuro

PCR para HPV é arma poderosa para prevenção de câncer de colo uterino

Como a inteligência artificial pode ajudar no diagnóstico em hematologia e onde estamos e até onde podemos ir?

Paciente transgênero e o teste laboratorial

Telelaboratório já é uma realidade?

Inclusão de exames no Rol da ANS amplia chances de diagnóstico precoce e prevenção

“Leucemia Mielóide Aguda/SMD - o que temos de novo?” tema de Mesa redonda do 54º CBPC/ML

Quatro livros são lançados durante o 54º CBPC/ML

Como a inteligência artificial pode ajudar no diagnóstico em hematologia e onde estamos e até onde podemos ir?

Conferência expõe aplicações da genômica para diagnósticos e medidas preventivas em diversas áreas da medicina

A atuação do Ministério da Saúde no fomento à integridade e no combate à fraude e corrupção

Infecções fúngicas: diagnóstico desafiador que exige expertise laboratorial

Novos exames auxiliam no diagnóstico precoce do Alzheimer

Mesa redonda apresenta exames de laboratórios essenciais para definição precisa de terapias e garantia de qualidade de vida aos pacientes de fibrose cística