Overuse x Underuse dos exames laboratoriais

- 25/09/2019

No final do primeiro dia de atividades do 53ºCBPC/ML, a conferência “Solicitação adequada de exames laboratoriais” trouxe à tona dados sobre overuse (uso abusivo) e underuse (subutilização) dos testes. 

O Dr. André Volschan, coordenador médico da unidade de emergência do Hospital Pró-Cardíaco, foi responsável por expor sobre o uso excessivo dos exames. Em sua exposição, o especialista explorou o conceito de que o diagnóstico precoce está atrelado à medicina moderna, com objetivo de excluir a existência de doenças através, principalmente, de rastreamentos. “Essa prática deve ser adotada para melhora de sobrevida do paciente. Quando aplicado sem crítica, o rastreamento pode ser perigoso”, completou. 

Durante sua exposição, Volschan apresentou alguns gráficos que apontavam aumento significativo da prevalência de doenças, sem observar mortalidade. Ele definiu essa curva como a linha de overdiagnosis. 

Foi exposta a informação de que para cada morte evitada para câncer de mama, 250 pacientes recebem o diagnóstico negativo e de 10 a 15 passam por tratamento desnecessário. No que tange o PSA, o Dr. André Volschan destacou as limitações e consequências acarretadas. “Fica evidente a falta de diálogo com o paciente sobre os riscos e benefícios”. 

O impacto do overuse dos exames evidencia o tamanho do problema, no total, 30% do desperdício do sistema de assistência à saúde. Ao indagar os participantes presentes sobre qual a tecnologia mais cara da medicina, Volschan foi enfático ao afirmar: “É a caneta do médico”. 

Segundo o médico, “é necessário tolerar a incerteza e unir os players para conseguir aplicar a boa prática de forma diferenciada”. Um vídeo sobre a iniciativa Choosing Wisely ilustrou e finalizou a apresentação do especialista. 

O presidente da SBPC/ML, Wilson Shcolnik, foi responsável por apresentar o panorama do underuse dos exames laboratoriais. Sua apresentação evidenciou que a tendência é de que o número de testes tende a aumentar, seguindo a evolução da tecnologia e, principalmente, a acompanhando o aumento da expectativa de vida da população. 

O patologista clínico apresentou através de dados retirados da imprensa que a subutilização dos exames laboratoriais está em pauta há muitos anos. “Em 2005, já observamos declarações de autoridades e especialistas de que 30% dos exames laboratoriais do Brasil, se quer eram retirados. Esse dado alarmou o nosso setor, que deveria ser a fonte mais qualificada para tal informação”. Shcolnik apresentou que o dado oficial da SBPC/ML, de que apenas 2,4% dos exames laboratoriais não são acessados, contrariando a informação anterior.  

A Organização Mundial da Saúde estima que 70% das mortes por câncer nos países de baixa renda, acontecem em decorrência do diagnóstico tardio. E os exames laboratoriais representam apenas 2,3% dos custos totais da assistência à saúde nos Estados Unidos. Shcolnik enfatizou a necessidade do uso consciente dos exames laboratoriais e iniciativas que endossam o conceito.

Outras Notícias

Clima de descontração marca a cerimônia de encerramento do 53º CBPC/ML

Congressistas foram convidados a planejar ida ao 54º CBPC/ML, que acontecerá em São Paulo

Arboviroses no centro de discussões da última conferência magna do 53º CBPC/ML

A conferência magna do penúltimo dia do 53º CBPC/ML foi conduzida pelo Prof. Pedro Vasconcelos

Iniciativa inédita coloca diversidade de gênero em debate no 53º CBPC/ML

Divulgação de posicionamento da SBPC/ML em parceria com a SBEM e o CBR incentivou debate

Vitamina D é tema da palestra no penúltimo dia do 53° CBPC/ML

Participantes discutem os desafios da urianálise durante Encontro com Especialista

Atividade abriu o penúltimo dia do 53º CBPC/ML

Os riscos da intoxicação por monóxido de carbono em mesa redonda

Especialistas debatem dificuldades no diagnóstico desse problema relativamente comum

Temas livres premiados

Entrega de certificados na cerimônia de encerramento

Espermograma e exames complementares apontam causa da infertilidade

Varicocele, hipertensão, uso de drogas e tabagismo estão entre os fatores que podem causar o problema

Crescente uso de opioides é debatido em mesa redonda

Especialistas abordam diferenças entre substâncias derivadas do ópio e suas particularidades laboratoriais

Conferência magna faz jus ao tema do 53º CBPC/ML “Fazendo o Futuro Acontecer”

Atividade conduzida pela cientista Lívia Eberlin foi destaque do segundo dia de atividades

Avanços na oncogenética motivam debate no 53º CBPC/ML

Especialistas debatem histórico da área e as novidades em testes genéticos

As tendências da medicina laboratorial

Atividade do 53º CBPC/ML abordou a tecnologia como oportunidade de criar novos modelos de negócios

Cerimônia de abertura do 53º Congresso Brasileiro de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial encerra o primeiro dia de evento

Com auditório cheio, dirigentes e parceiros do evento fazem, seguidos por emocionante apresentação da Orquestra Maré do Amanhã

Desafios da gestão de risco e segurança do paciente

Antecipação aos riscos e conscientização dos profissionais geram resultados positivos

Fórum de Benchmarking de Indicadores Laboratoriais

53°CBPC/ML promove discussão sobre o uso de indicadores para maximizar a decisão na busca de excelência baseada em informação e dados.

Infarto: Especialistas discutem diferentes visões de uma das principais causas de morte do mundo

Medicina personalizada: nova abordagem clínica

Inovação auxilia o tratamento médico baseado nas características de cada paciente

Testes laboratoriais podem empoderar o paciente e reduzir os custos do sistema de assistência à saúde

A necessidade de regulamentação e aplicação adequada foram discutidas em mesa-redonda no primeiro dia de atividades do 53º CBPC/ML

Especialistas discutem alterações nas funções da tireoide

Mesa redonda traz três pontos de vista para abordar problemas crônicos na glândula