Andrea Ferreira Gonzalez conduzirá conferência magna sobre diagnóstico molecular

- 14/08/2019

No dia 24 de setembro, a conferência magna do 53º Congresso de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial terá como tema “Diagnóstico Molecular: Fortalecendo a revolução da medicina personalizada”. A palestra da Dra. Andrea Ferreira Gonzalez, presidente da Divisão de Diagnóstico Molecular do Departamento de Patologia do Sistema de Saúde da Virginia Commonwealth University, acontece a partir das 11h30min, no Centro de Convenções SulAmérica, no Rio de Janeiro.

O diagnóstico molecular é um conjunto de técnicas moleculares que identificam alterações no DNA que possam ser indicativas de doenças genéticas ou câncer, por exemplo. Além disso, é amplamente utilizado para a identificação e confirmação de doenças infecciosas, pois é um método mais rápido e preciso.

Andrea Ferreira Gonzalez é diretora do Laboratório de Diagnóstico Molecular da VCU (Virginia Commonwealth University) Health Systems desde 1994. Desempenhou um papel importante na formulação da política dos Estados Unidos em relação à prática, reembolso e desenvolvimento de diretrizes para diagnósticos moleculares e testes genéticos moleculares. Possui mais de 100 publicações em literatura sobre o tema. É consultora do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos EUA do Painel de Genética Clínica da FDA do Comitê Consultivo de Dispositivos Médicos, Centro de Dispositivos e Saúde Radiológica. Ela participou do desenvolvimento de diretrizes clínicas com o Clinical and Laboratory Standards Institute e a Association for Molecular Pathology (AMP) da qual já foi presidente. Recebeu o Prêmio de Liderança da AMP por suas importantes contribuições para o campo. A nível internacional, Andrea Ferreira-Gonzalez é membro do Comitê de Educação de Biologia Molecular da Federação Internacional de Química Clínica (IFCC), onde participou nos últimos 6 anos no desenvolvimento de padrões educacionais e oficinas práticas sobre testes genéticos para países em desenvolvimento.